BIDOLI CONVERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO DE BENS CULTURAIS

Através de uma atuação consciente e de atitudes responsáveis, o trabalho minucioso da equipe multidisciplinar de colaboradores da Bidoli Conservação e Restauração de Bens Culturais, busca garantir, em suas atividades, a preservação dos fatores culturais que envolvem os bens culturais e artísticos.

Os conceitos técnicos que permitem a preservação dos elementos formadores dos patrimônios artísticos e culturais, com intervenções que dialogam com o campo do restauro, têm sido importantes artifícios que acompanham a evolução das inovações tecnológicas, desde o final do século XVIII até os dias atuais. Nesse sentido, buscam-se bases científicas para reafirmar a importância de salvaguardar o patrimônio material e imaterial ao entendê-lo como elemento fundamental para a preservação da identidade cultural de uma sociedade e, assim, evidenciando seus aspectos culturais, seus valores históricos, documentais, estéticos e artísticos.

São muitos os fatores que podem ocasionar mudanças significativas nos elementos históricos, patrimoniais e artísticos, por isso, ressalta-se a importância da utilização de práticas adequadas, em um trabalho minucioso, que requer atenção e cuidado, características fundamentais da conservação e da restauração.

Como forma de prevenir as ações decorrentes do tempo ou de qualquer outro fator, a conservação visa à manutenção do patrimônio por meio de intervenções mínimas, que resultam em unidade sem alterações de suas características, de modo a preservar seu significado cultural. Ou seja, o emprego da conservação preventiva é fundamental para que uma obra de arte mantenha-se íntegra ao passar dos anos e não necessite sofrer intervenções de restauro.

O restauro é constituído de um conjunto de intervenções que visam a restabelecer o estado primitivo (original) da obra ou próximo deste, anterior aos danos decorrentes da ação do tempo ou do próprio homem. Neste último caso, os danos podem ter sido causados por intervenções errôneas ou acidentais que descaracterizaram algum, ou todos os elementos que compõem o bem cultural, ou artístico. Em suma, a restauração visa garantir a permanência de um testemunho físico e real de épocas passadas para as gerações futuras.

Além disso, o perfil social predominante atualmente caracteriza-se por um grande anseio consumista que valoriza apenas o que é “novo” e tecnológico; comportamento este que, de modo progressivo e alarmante, impacta a natureza e causa diversos malefícios ao próprio homem. Sendo assim, novamente reitera-se a importância de estimular a consciência para a preservação e salvaguarda de bens culturais e artísticos como meio de mitigar o impacto humano sobre o meio ambiente e reduzir o consumo de energia e matéria-prima utilizadas na produção de novos bens.

fotos 21
IMG_0406
Untitled-1
IMG_0387
fotos 23
fotos 22
fotos 24
IMG_0372
IMG_0393
IMG_0415
fotos 13
IMG_0430
fotos 14
fotos 10
fotos 11
site 3
fotos 15
SITE 4
SITE 4
site1
site 2

© 2016 | Bidoli Conservação e Restauração de Bens Culturais. Todos os direitos reservados.

Contato: 019 9 8750 0905 | mauricio.bidoli@hotmail.com